Quer aumentar a renda durante a crise? Conheça 3 opções de investimento

Em tempos de recessão econômica, muitas pessoas buscam formas de aumentar a renda durante a crise. Dependendo da atividade escolhida e do tempo dedicado a ela, a lucratividade pode até mesmo ultrapassar os rendimentos obtidos no emprego formal.

Quer saber como driblar a crise? Então, este artigo é para você! Listamos as três principais opções de investimento existentes no mercado. Acompanhe!

1. Aposte na venda direta

“As vendas diretas vão bem quando a economia vai bem e até mesmo quando o país enfrenta uma crise”. Essa afirmação tão comum no setor do varejo explica claramente o poder de lucratividade do setor.

Se você não é um expert no assunto, saiba que a venda direta trata-se da comercialização de produtos por meio de catálogos, no qual o próprio empreendedor vai até os clientes para apresentar as mercadorias. São as famosas revistas de cosméticos, objetos para a casa, alimentos saudáveis etc.

Para se ter uma ideia da magnitude do setor, somente em 2015 foram contabilizados mais de 10 mil novos revendedores. Uma de suas vantagens é o baixo investimento para iniciar o negócio. Geralmente, o custo varia entre R$ 80 e R$ 800.

2. Invista no setor de cosméticos

Sem dúvidas, a venda direta de cosméticos é o melhor investimento para ser feito em tempos de crise. Além de o Brasil ser o terceiro maior consumidor de produtos de beleza do mundo — perdendo apenas para China e Estados Unidos —, o setor aumenta o faturamento a cada ano, diferente do que acontece com outras áreas da economia.

Uma das explicações para tanto sucesso é o conhecido “efeito batom”, fenômeno que leva as pessoas a gastarem mais com a beleza durante a crise. A razão é que, quando o dinheiro está curto, as consumidoras deixam alguns gastos de lado (como idas ao cinema, aquisição de bolsas etc.) e preferem os produtos mais baratos.

Os batons, por exemplo, giram em torno de R$ 30 — valor que a mulher ainda pode pagar, mesmo com poucos recursos. Além disso, os cosméticos têm a função de melhorar a autoestima das pessoas e ajudá-las na busca por empregos.

Por isso, enquanto a maioria dos setores tendem a afundar-se em épocas de recessões econômicas, os produtos de beleza continuam lucrando. Caso você queira empreendedor no segmento, uma dica é adequar-se aos tempos atuais.

Hoje em dia, muitas mulheres se preocupam em comprar produtos que não realizam testes em animais, por exemplo. Nesse contexto, procure empresas comprometidas com essa causa.

3. Tire um tempo para cuidar de cães

Apesar de não ser tão lucrativo quanto a venda direta e a venda de cosméticos, cuidar de cães pode ser uma alternativa criativa para driblar a crise. Principalmente em grandes cidades, como São Paulo, é comum as pessoas se oferecem para passear com cachorros e gatos domésticos e até mesmo para hospedá-los em suas casas.

Hoje, existem sites que permitem encontrar alguém para cuidar dos cães durante uma viagem, por exemplo. Caso você tenha tempo e espaço disponível, essa é uma possibilidade mais simples para ganhar um dinheiro extra.

Gostou das nossas ideias para aumentar a renda durante a crise? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro de outras dicas sobre empreendedorismo!

Singú Labs

Singú Labs

Sempre com informações, dicas, promoções, cupons de desconto e tudo que você precisar saber sobre cuidados faciais e corporais. www.singulabs.com.br


Cadastre-se em nossa newsletter